Plebiscito da supressão do direito á defesa (desarmamento)

Demorei a me manifestar a respeito do plebiscito sobre o “desarmamento”, que será dia 23 de outubro de 2005.

Acabei de fazer uma busca no site do google sobre o tema, façam uma busca e veja material disponível, é interessante!

Antes desta busca eu já tinha minhas convicções pessoais.

Creio que antes de comentar o assunto, é bom ir adiantando que minha natureza pessoal é pacifista, tenho para mim que “a falta de argumentos, leva necessariamente ao bate-boca, e á violência de qualquer natureza, até psicológica”, por pura ignorância.

Sou visceralmente contra barraco (bate-boca), quanto mais qualquer forma de violência, principalmente por ser cristão convicto, si é que isto existe, pois não é questão d convicção na verdade e sim de acreditar, fé!

Não possuo, nem pretendo comprar nem um tipo de arma a não ser “arma branca”, exatamente faca, pois eu necessito para comer (talheres).

Odeio arma de fogo, principalmente quando manuseada, ou portada em minha presença.

Quanto ao desarmamento, observo que está tudo errado, um grande e lastimável equivoco e uma burrice tamanha, como passo a argumentar.

Primeiro por que o tal plebiscito não deveria levar tal nome e sim “abrir mão do direito universal de se defender usando uma arma de fogo legal”.

A palavra “desarmamento” está muito mau empregado no plebiscito, pois mesmo se o resultado for pela não comercialização legal de armas, não haverá jamais a verdadeira abolição das mesmas, preponderantemente pelo poder econômico global da industria de armamento, que depois das drogas é o segunda maior fonte de renda na face da terra. Só quem acredita em papai noel vai achar q vai sumir as armas de fogo que são utilizadas para matar seu semelhante.

O forte do comércio de armas já é clandestino, pois maior público consumidor só compra na clandestinidade, armas contrabandeadas, principalmente no Brasil, justamente pelos bandidos, traficantes e os ignorantes de plantão. Os principais agentes deste contrabando e venda aos violentos, são feito por policiais, é só ler nos jornais, publico e notório este fato!

Tal realidade não vai simplesmente sumir por qualquer q seja o resultado do plebiscito!

Os bandido e traficantes vão continuar se armando, como sempre o fizeram, nada mudará em relação há isto, principalmente, pois grande parte deste armamento é comercializado, ou melhor pagos com drogas (cocaína), sempre a vista, nunca a crédito! Jamais foram adquiridos no comércio legal de armas.

Infelizmente as polícias não estão dando conta do recado no país todo, vamos ficar completamente a mercê da sanha dos facínoras e ignorantes. Até acredito que o desarmamento da população vai estimular mais tal violência, já tão violenta. Pois estarão bem mais a vontade sabendo que jamais serão importunados em seus atos, não haverá mais qualquer tipo de surpresa.

Tal pensamento e argumento acima aduzido, não é novo, em 1532 Machiavelli escreveu:

"É irracional esperar que […] um homem desarmado deva permanecer salvo e seguro quando seus servidores estiverem armados."

Ainda, em 1764 Beccaria, tmb registrou que:

"[Leis proibindo o porte de armas] desarmam somente aqueles que não estão nem dispostos nem determinados a cometer crimes."

Os que defendem a idéia do desarmamento, além de desinformados, demonstram também sua ignorância, tanto quanto as pessoas que utilizam tais armas na prática de violência contra seu semelhante.

Tenho para mim, que a idéia de suprimir direito universal é violência!

Pelas pesquisas de opinião atuais, vamos ficar sem este direito à defesa, e a burrice e ignorância vão vencer, como semprem vencem, para mim é mais uma prova e argumento da posição que aqui defendo. Em Brasília tá cheio de políticos safados que demonstram a ignorância do povo brasileiro (eleitor).

Não pretendo fazer uso deste meu direito (universal) como ser humano, mas gostaria de tê-lo a minha disposição, realmente não gostaria de abrir mão dele, mesmo que seja um direito subjetivo potencial! De tudo o pior é perder tal direito por causa da estupidez da maioria, daí esta minha manifestação publica deste tema, como minha única defesa.

Voltemos a ignorância, isto é na idéia d desarmamento.

Sejamos ponderados por favor, vejam e analisem os argumentos dos que são a favor do “desarmamento”, como estão calcados (apoiados) em mentiras, nem um argumento sério, alegam basicamente que é para combater, ou evitar a violência e mortes por armas de fogo.

Esta semana assisti entrevistas de médicos que atendem nos pronto socorros maiores hospitais do país, de que 95% dos atendimentos vitimadas de ferimentos a bala são de armas clandestinas e irregulares (bandidos), e o restante 5% são ferimentos a bala de armas compradas e registradas legalmente.

Assistindo as propagandas em favor do “desarmamento” e seus argumentos é gritante a falta de argumento válido e lógico, o mais absurdo que eu assisti foi um artista atribuir as mortes de ferimento a bala ás armas de fogo, como se as armas saíssem por ai por conta própria dando tiro nas pessoas, o q este povo pensa que eu sou? Burro é a mãe deles, que é isto?

Quem mata não são as armas e sim as pessoas que estão atrás delas, aquelas q puxam o gatilho. As pessoas que trabalham no ramo da violência, como meio de sustento, impunemente, a solta pelas ruas.

Esta não é minha opinião isolada, um profissional da área também pensa do mesma forma e diz:

"As armas não fazem absolutamente nada. As pessoas é que fazem", alega o Coronel Jairo Paes de Lira, representante do Movimento Viva Brasil. "Se um ser humano quer matar outro, ele vai buscar um meio. O que importa é a vontade torta do ser humano de matar". Para ele, a venda de arma não poderia ser proibida para o cidadão comum. "Bandido não compra arma em loja, nem entrega arma em campanha de desarmamento. Desarmar o cidadão é deixá-lo indefeso. Defendemos o direito a vida, que homens e mulheres possam se defender, porque nem sempre o Estado pode está lá para defendê-lo".

Agora escrevendo, transformando meus pensamentos em palavras, linhas, frases, que estou me tocando, que este meu texto não é exatamente contra o “desarmamento” e sim contra a ignorância e burrice, contra esta idéia de jirico de suprimir direitos sem qualquer argumento válido, lógico ou razoável, até desafio qualquer leitor(a) a expor um argumento razoável, um só já está bom!

O assunto é sério!

Num é brincadeira como os defensores desta idéia insana estão levando a coisa, de haver plebiscito já um absurdo inominável, tantas questões mais graves, importantes a serem discutidas, debatidas e aprimoradas, como nosso sistema judiciário.

O dia que a Justiça funcionar razoavelmente no Brasil, grande parte desta violência acabará! Isto sim é a forma de combater este estado de coisas, só não enxerga quem não quer, por pura e sublime ignorância, cabeça não é só para separar as orelhas, ou sustentar chapéu!

Sabe a parte cinza ai dentro, tenta vai, faça o mínimo esforço, vai que voce consegue! Tico e teco podem estar brigados, mas tenta vai!

Tem muita loira burra por ai, gentem.

Inclusive é prova que no fundo a burrice nada tem haver com loiras!

Analisem melhor a questão vejam os sites que tratam do assunto de forma séria, pela busca que fiz há muitos sites, literatura e etc, vou botar alguns links sobre este tema, pesquise, pois seremos obrigados a votar nesta besteira.

http://www.desarmamento.com/  Instituto sou da paz

 Outros sites: Direito á legítima defesaInstitudo de estudos jurídicosConsultor jurídico Estadão . (No primeiro link, reforça minha idéia de quem mata não são as armas e sim quem faz mau uso dela).

A ordem dos advogados não toma posição clara, mas se manifesta sobre o referendo exatamente como penso OABSP .

Importante munição intelectual: Livros

Português:
Armas de Fogo – São Elas Culpadas?, por João Luis Vieira Teixeira
Brasil Acossado Pelo Crime, por Luiz Tadeu Viapiana
A Violência sem Retoque – A alarmante contabilidade da violência, por IB Teixeira 

Reaja: Prepare-se para o Confronto, por Sérgio Olimpio Gomes
Mais Armas, Menos Crimes, por John Lott, Jr (traduzido pela Makron)

Inglês:
Guns and Violence: The English Experience, por Joyce Lee Malcolm
The Bias Against Guns: Why Almost Everything You’ve Heard About Gun Control Is Wrong, por John Lott Jr 
More Guns, Less Crime, por John Lott Jr
That Every Man Be Armed, por Stephen Halbrook
Target Switzerland: Swiss Armed Neutrality in World War II, por Stephen Halbrook
The Great American Gun Debate : Essays on Firearms & Violence, por Don Kates, Gary Kleck e outros
Guns : Who Should Have Them?, editado por David Kopel
The Samurai, the Mountie, and the Cowboy : Should America Adopt the Gun Controls of Other Democracies?, por David Kopel
To Keep and Bear Arms: The Origins of an Anglo-American Right, por Joyce Lee Malcolm
Civil Disobedience, por Henry David Thoreau, 1849 (link para o texto!)

 

História para quem esqueceu, ou nunca soube:

Em 1929, a União Soviética desarmou a população ordeira. De 1929 a 1953,
cerca de 20 milhões de dissidentes, impossibilitados de se defenderem,
foram caçados e exterminados.

Em 1911, a Turquia desarmou a população ordeira. De 1915 a 1917, um
milhão e meio de armênios, impossibilitados de se defenderem, foram
caçados e exterminados.

Em 1938, a Alemanha desarmou a população ordeira. De 1939 a 1945, 13
milhões de judeus e outros "não arianos", impossibilitados de se
defenderem, foram caçados e exterminados.

Em 1935, a China desarmou a população ordeira. De 1948 a 1952, 20
milhões de dissidentes políticos, impossibilitados de se defenderem,
foram caçados e exterminados.

Em 1964, a Guatemala desarmou a população ordeira. De 1964 a 1981,
índios maias, impossibilitados de se defenderem, foram caçados e
exterminados.

Em 1970, Uganda desarmou a população ordeira. De 1971 a 1979, 300.000
cristãos, impossibilitados de se defenderem, foram caçados e exterminados.

Em 1956, o Camboja desarmou a população ordeira. De 1975 a 1977, um
milhão de pessoas "instruídas", impossibilitados de se defenderem, foram
caçados e exterminados.

Pessoas indefesas caçadas e exterminadas nos países acima, no século XX,
após o desarmamento da população ordeira, sem que pudessem se defender:
56 milhões.

 

Há doze meses o governo da Austrália editou uma lei obrigando o
proprietários de armas a entregá-las para destruição. 640.381 armas
foram entregues e destruídas, num programa que custou aos contribuintes
mais de US$ 500 milhões. Os resultados, no primeiro ano, foram os
seguintes:
Os homicídios subiram 3.2%, as agressões 8.6%, os assaltos a mão armada 44%.
Somente no estado de Victoria, os homicídios subiram 300%. Houve ainda
um dramático aumento no número de invasões de residências e agressões a
idosos. Os políticos australianos estão perdidos, sem saber como
explicar aos eleitores a deterioração da segurança pública, após os
esforços e gastos monumentais destinados a "livrar das armas a sociedade
australiana".

Naturalmente, a população ordeira entregou suas armas, enquanto os
criminosos ignoraram essa lei, como já ignoravam as demais.

O mesmo está acontecendo no Reino Unido. País tradicionalmente
tranquilo, onde até a polícia andava desarmada, adotou o desarmamento da
população ordeira.
Pesquisa realizada pelo Instituto Inter-regional de Estudos de Crime e
Justiça das Nações Unidas revela que Londres hoje é considerada a
capital do crime na Europa.
Os índices de crimes a mão armada na Inglaterra e no País de Gales
cresceram 35% logo o primeiro ano após o desarmamento. Segundo o
governo, houve 9.974 crimes envolvendo armas entre abril de 2001 e abril
de 2002. No ano anterior, haviam sido 7.362 casos.

Os assassinatos com armas de fogo registraram aumento de 32%. A polícia
já está armada.

Nos Estados Unidos, onde a decisão de permitir o porte de armas é
adotada independentemente por cada estado, todos os estados com leis
liberais quanto ao porte de armas pela população ordeira têm índices de
crimes violentos em muito inferiores à média nacional, enquanto os
estados com maiores restrições sutentam índices de crimes violentos
expressivamente superiores à média nacional. Washington, onde a
proibição é total, é a cidade mais violenta dos EUA.

Mais um ponto de vista …
Meus Amigos,

Nessas últimas semanas estamos sendo bombardeados por informações a respeito do referendo que em breve será realizado no Brasil. Confesso que não havia entendido as reais intenções desse referendo. Nenhum argumento que realmente fizesse sentido (no sentido amplo, completo e irrestrito da palavra) tinha se encaixado em minha cabeça. Não porque minha cabeça não queria compreender os fatos, mas sim porque existia uma grande e enorme peça do quebra cabeça faltando. Essa peça faltando eu finalmente compreendí, tive que mandar esse email para vocês porque as coisas são muito piores que todos estão imaginando.

Lendo o texto da Lei parte da qual transcrevo abaixo, para que todos possam ler e se inteirar do que estão prestes a decidir, temos:
…………………………..CAPÍTULO VI

DISPOSIÇÕES FINAIS

Art. 35. É proibida a comercialização de arma de fogo e munição em todo o território nacional, salvo para as entidades previstas no art. 6o desta Lei.

§ 1o Este dispositivo, para entrar em vigor, dependerá de aprovação mediante referendo popular, a ser realizado em outubro de 2005.

§ 2o Em caso de aprovação do referendo popular, o disposto neste artigo entrará em vigor na data de publicação de seu resultado pelo Tribunal Superior Eleitoral. ……………………………………………………………."

Observaram? Não? O problema é tão sutil que poucos compreendem. Vou tentar explicar. Leiam novamente o Art.35 "É proibida a comercialização de arma de fogo e munição em todo o território nacional".

NINGUÉM está mexendo em PORTE DE ARMA, ele continua o mesmo (Leiam o "CAPÍTULO II – Do porte").
Ninguém tendo arma registrada será obrigado a devolvê-la, inclusive quem quiser ter uma arma vai precisar (prestem ATENÇÃO!!!) importá-la e registrá-la devidamente no orgão competente.

Engraçado né? E chamam isso de "Estatuto do Desarmamento". NÃO HAVERÁ NENHUMA ESPÉCIE DE DESARMAMENTO. PROCUREM NA LEI! EU DESAFIO!!

Notaram, implicaram só com a comercialização? Por que será? Vamos
lá…existe na lei do comércio exterior um ponto que diz: Um país só pode vender um produto para outro país, se a comercialização do mesmo tipo de produto for permitido no primeiro país. Ou seja, o Brasil só pode vender abacaxí para os Estados Unidos se no Brasil for permitido o comércio de abacaxís.
Pois bem, à luz dos fatos: SE A PROIBIÇÃO FOR REFERENDADA, O BRASIL NÃO PODERÁ VENDER SUA PRODUÇÃO DE ARMAS DE FOGO PARA OS ESTADOS UNIDOS, PORQUE A COMERCIALIZAÇÃO DE ARMAS DE FOGO E MUNIÇÃO SERÁ PROIBIDA NO BRASIL.

A indústria Americana agradece.

Vocês vão perguntar, é só por isso que você ficou indignado? Você só quer defender a industria bélica brasileira? Antes de responder, vamos aos fatos, os que realmente importam: Vocês sabiam que o Brasil desenvolveu tecnologia e têm fabricado uma das melhores armas de baixo calibre? Que os exércitos de todo o mundo utilizam armas brasileiras? Que mais 99% da produção de armas brasileiras é para exportação? Que 90% das exportações de armas do Brasil vão para os Estados Unidos? E que isso representa apenas 20% do mercado americano? Realmente parece que o Brasil está incomodando…

Ai você vai me dizer: "É, parece realmente que você só quer defender a industria bélica brasileira". Eu digo não. A indignação é muito maior.
Notaram que tudo que o Brasil tem de bom (laranjas, aviões) os grandes países querem aniquilar? Comprando deputados e sei lá mais quem, conseguem levar leis como essa adiante. Sempre é a mesma história, uma farsa por trás de uma questão com apelo popular e emocional para garantir interesses baixos e desonestos. Todos sabem que as pessoas que mandam nesse país não merecem a confiança do povo, todos sabem que as coisas no Brasil não são como parecem ser. Mais uma vez esses corvos estão entregando os nossos interesses, os do povo, os do Brasil de fato. Mais uma vez estão enganando você.

Decidam! Mas antes, por favor, entendam as coisas da maneira correta. E façam a opção conscientemente e não como gado guiado, mídia comprada por interesses menores para distraí-lo dos verdadeiros interesses em jogo!

Se acredita no que eu disse – recomendável ler a lei que citei – repasse esta mensagem para outras pessoas de modo que elas possam conhecer mais do que as meias informações que circulam por aí.

NÃO ESTAMOS VOTANDO EM DESARMAMENTO, ESTE JÁ EXISTE, ESTAMOS VOTANDO EM COMERCIALIZAÇÃO !

No mesmo sentido….

Sou prof Universitário de Ciência Política, Sociologia Jurídica e Sociologia do Crime e da Violência, e, gostaria de pedir licença para enviar uma frase para meditar quando votar no referendo do próximo dia 23… podemos estar ajudando o governo a regulamentar "com o desarmamento" algo que poderá ser prejudicial ou não às nossas futuras gerações. Estão tirando nossa LIBERDADE E DIREITO de escolher a forma de vivermos. As instituições públicas e a sociedade política deveriam ajustar leis para desarmar o bandido e cuidar da nossa segurança em vez de articular corrupções. Enquanto nós nos desarmamos, os Nortes Americanos se armam e controlam parte desse mundo urbano e se protegem internamente. (seu amigo add: bergas@uol.com.br). Frase para ser lembrada: "Quando todas as armas forem propriedade do governo, este decidirá de quem serão as outras propriedades". Benjamin Franklin.

Concluindo, amadureci minhas idéias sobre o plebiscito, que é o seguinte:

Meu voto será pelo não 1, somente em relação ao direito dos brasileiros.

Creio que tanto faz o resultado, não irá mudar nada no fundo, na real, pois o tráfico de armas, como as drogas continuaram como sempre, e qualquer um que queira adquirir uma arma, vai comprar e pronto, sendo legal ou não.

A violência no Brasil, a mesma coisa, se suas causas não forem combatidas continuará a mesma coisa, a venda legal de armas ñ tem nada haver com isto, é a ruindade das pessoas, está no coração, lei nem uma vai mudar isto. Eu gostaria, sim, de um Brasil menos violento, mais seguro e por isto tmb meu voto pelo não.

Não será retirando direitos das vítimas que vai alterar a violência!

Anúncios

Sobre ricbrsp

Nascido em Lins/SP, criado na Capital paulista, formado advogado pela Unb (Brasília-DF), é autônomo em sampa, divorciado, vive com seus filhos. Ocupando meu espaço na web.
Esse post foi publicado em Notícias e política. Bookmark o link permanente.

17 respostas para Plebiscito da supressão do direito á defesa (desarmamento)

  1. Pingback: Não sou profeta, mas acerto em minhas ponderações (desarmamento) | Vitrine virtual RicBrSp – vai jogar pedras p/ lá!

  2. Lila Rosa disse:

    Ola!!Não querendo parecer exagerada..rsrsrs mas de fato o termo é… imensurável o prazer que tive em navegar por este space, e conhecer alguem inteligente de alma grandiosa,sensibilidade, humanista sem radicalismos, enfim adorei.Parabéns pela postura elegante ao meu entender ,não desconsiderando a escola , pois conheço muitos "escolados" cujos tico e teco estao em eterna busca de si próprios,quando mais ter ciência do que lhe passa ao redor. Não vou aqui levantar polêmica, ( vontade nao me falta hehehe)…. sou irremediavelmente uma sonhadora idealista, porem sem radilismos,ao contrario fujo de todo o tipo de " ismos"… aprendi que a realidade do agora nao é a realidade do amanhã (óbvio né?..) pena que tem gente que esquece disto, e que nem tudo é o que parece ser.A busca do conhecimento ainda é o melhor caminho. E como sabemos que pouco ou nada sabemos, haja busca infinita… o que é uma delicia ja que a vida é dinamica ,se vivos estamos ,ou nos consideramos, entao porque limitar-nos nossa capacidade divina de buscar cada vez mais alimento para nossa mente e espirito?! Como os que se alimentam com habitos restritivos em sabores, sejamos mais curiosos em conhecer novos sabores texturas ,enriquecendo nosso paladar e corpo com nutrientes dos mais variados. Imagine quantas surpresas,quanto o nosso paladar será enriquecido e nosso corpo agradecido. Nosso Pai celeste nos deu um planeta com uma diversidade imensa de possibilidades infinitas,diferenças para que aprendamos a respeitar a conviver em harmonia e principalmente aprender com elas, ao invés disto a humanidade em geral cisma em ,repudiar , preconceituar diferenças…. rrss engraçado que muitos que agem assim se dizem de mente aberta..hehe mas as vezes não toleram nem ouvir o que o outro tem de diferente a lhe dizer. Enfim assim é a humanidade, desde que o ser dito humano, criado a imagem e semelhança divina colocou seus pezinhos na terra. Quem sabe não foi esta lição na qual fomos incumbidos a aprender?Estou lembrando de uma historia de dois irmãos um chamado Abel e outro Caim, embora na epoca em que eles viveram, não tenha havido registro algum da existencia de armas de fogo , Caim movido por sentimentos de ciumes inveja enfim mata seu irmaõ Abel… que coisa né??!!! Quero deixar claro que repudio a violencia. porem a violencia naõ é somente atos de brigas com agressões fisicas, assassinatos, atos terroristas, guerras, assaltos .. etc Mas a violência na forma de obstrução dos direitos ao livre arbitrio dado por Deus a todas as criaturas, a obstrução e manipulação do conhecimento, do pensamento da palavra … Será que nem em pleno século XXI vamos parar de perseguir e queimar " bruxas"?Ricardo , peço dentro das possibilidades de seu tempo, continue postando pois , com certeza muitos se enriquecerão com seu trabalho.Obrigada, muitas felicidadesQuando puderes ,venha me visitar ,meu cantinho esta sempre aberto com muito carinho.DragoinhaPs. Parabens pela linda familia

  3. Camila disse:

    Desculpa pelo susto q te dei!rsO que eu queria comunicar? Que mais de 70% das pessoas que se matam avisaram antes? Talvez…Escrevo o reflexo do meu íntimo, entende? Apesar de na maioria das vezes olhando pra mim ninguém veja…Bjs!

  4. Leila Lima disse:

    Olha eu aki de nv!Ricardo keridoVc disse que passou por momentos difíceis, e que poucos te ajudaram.Fez terapia no MSN e tal,eu tb tive momentos difíceis há 13 anos atrás fiquei doente de cama durante 1 ano gemia de dor dia e noite,bem fiquei só ninguém apareceu p/ me ajudar amigos,irmãs de sangue, empregados não paravam fiquei só mesmo gemendo dia e noite.Certo dia entrou em minha casa uma mulher que eu nunca tinha visto e me perguntou o que estava acontecendo, pois todos os dias ela passava e ouvia meus gemidos. Viu-me na cama com crianças em casa e uma sujeira enorme, meu marido dava o jeitinho dele mas sabe ne.Ela me deu banho cuidou das crianças fez faxina na casa,lavou roupa passou e todos os dias iam lá fazer tudo p/ mim. Ai meu marido pediu p/ ela trabalhar em minha casa ela aceitou depois de muito tempo porque ela fazia tudo sem cobrar só pelo fato de me ajudar.Bem querido fiquei boa ela é a minha, não amiga mas mãe , pois eu a considero mãe ela me chama de filha.Ela é dessas pessoas que se tiver um mendigo na rua ela vai dar comida se for preciso ate banho, serio nunca tinha visto uma pessoa assim, 12 anos depois ela adoeceu, câncer no sangue ficou internada em um hospital precisava de uma pessoa p/ ficar com ela,não apareceu ninguém ela estava abandonada, quando fiquei sabendo fui ate o hospital fiquei como acompanhante, depois quando ela foi p/ casa fiz por ela tudo que ela fez por mim.Tinha medo que ela morresse mais ela sobreviveu esta de pé firme e forte.Depois disto sofri outro momento muito difícil não sei como suportei,um e-mail, uma palavra de um amigo da força sim ajuda a superar a dor quando ela quer nos destruir.Hoje cativo à amizade das pessoas sou muito querida em qualquer lugar ,pois faço sem ver p/ quem sou respeitada pelas pessoas , pois naun entende,tem pessoas que me tratam com grosseria ai , dou uma de burra finjo naun e um dia essa mesma pessoa vem a mim, sou assim seja quem for,pessoas humildes, doutores to nem ai, aprendi com as adversidades da vida que precisamos um do outro, tb estudei, filosofia,psicologia, sociologia, são matérias que gosto muito, pois estuda o homem em seus vários aspectos.Gosto das pessoas.´´•.¸(´´•.¸ ¸.•´´) ¸.•´´)« Mil Beijinhos!!! »(¸.•´´(¸.•´´ ´´•.¸)´´ •.¸)¸.•´( ´•.¸´•.¸ )¸.•)´(.•´´*.*´¨)¸.•´¸.•*´¨) ¸.•*¨)(¸.•´ (¸.•´ ***** NO seu ________xxxxxxxxx______xxxxxxxxx_____xxxxxxxxxxxxxx___xxxxxxxxxxxxx_____xxxxxxxxxxxxxxxx_xxxxxxxxxxxxxx_____xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx______xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx_______xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx_________xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx____________xxxxxxxxxxxxxxxxx_______________xxxxxxxxxxxx_________________xxxxxxxxx__________________xxxxx___________________xxxx___________________xxx__________________xx♥´¨)♥¸.•´¸.•♥´¨) ¸.•♥¨)(¸.•´ (¸.•` ♥ ♥¸.*•´♥¸.• ♥´¨) ¸.•♥¨)(¸.•´LEILA(¸.•`♥´¨)♥¸.•´¸.•♥´¨) ¸.•*¨)(¸.•´ (¸.•` * ..:¨¨* ♥♥

  5. Leila Lima disse:

    OieeeeeeAdorei te visitar vou vir + vzs tá!Bem quanto as armas ,ganhou o naun desarmamento neh!Eu pessoalmente sou contra armas na mão de pessoas nervosas …sabe neh" Se Deus não guarda sua casa em vão trabalha o sentinela"Kerido gostei de sua sinceridade, tb pelas dicas ke me deu no meu space, sei lá ke acontece, as imagens somem depois voltam rsrsr, eu as envio pelo msnKero +++ dicas ta .Quanto ao que vc disse sobre odeio msn de amigos rsrs, foi muito forte essa expressão, mas amei sua sinceridade.Eu tenho muitos amigos de todos os tipos rsrs, vc sabe ne, mas sei quando sou realmente correspondida. Na verdade são poucos os que ficam conosco na adversidade. Mas amo tds os meus amigos & "amigos" rsrs"Em todo o tempo ama o amigo: e na angústia nasce um irmão." ( Provérbios 17:17). Se vc kizer quem sabe poderemos ser bons amigos!!!BJÃO NO CORAXÃOOOO

  6. Eduarda disse:

    Olá, Ricardo!!Adorei seu comentário em meu blog e concordo com você!!!Agora estou só de passagem, mas vou ler tudo que você escreveu no seu blog e comentarei aos poucos, ok?Beijão e um excelente fim de semana pra você!!! =**

  7. CéliaRosana disse:

    quanto ao texto história para quem já esqueceu ou nunca soube, eu a tenho completíssima em casa e o que esta para acontecer por aqui é algo semelhante ou até pior do que diz o texto. Pensem.

  8. CéliaRosana disse:

    Ri,finalmente encontrei alguem que pensa não exatamente como eu, mas parecido.Apesar de ser loira não sou burra.Acredito que devemos pensar bem para votar certo (pelo menos uma vez na vida) para depois não ficar dizendo por ai mas não é isso que disseram.Vamos pensar pesquisar como vc. mesmo diz e votar certo, para não haver arrependimento amanhã.Um grande beijoRo

  9. Sol disse:

    O PROBLEMA NÃO É VOCÊ NÃO TER ARMAS, MAS OS CRIMINOSOS SABEREM QUE NINGUÉM TEM!!Você vai concordar comigo que no caso de um marginal invadir sua casa no meio da noite e começar a arrombar sua porta, você ficaria muito feliz que a policia chegasse imediatamente e o prendesse. Concorda? Você não tem armas. OK Você jamais usaria uma arma para atirar em alguém. OK Você acha perigoso e não quer uma arma em sua casa. OK Você não pretende ter armas. OK MAS VAMOS IMAGINAR UMA SITUAÇÃO COMUM EM NOSSAS CIDADES HOJE… Você vai concordar comigo que no caso de um marginal invadir sua casa no meio da noite e começar a arrombar sua porta, você ficaria muito feliz que a policia chegasse imediatamente e o prendesse. Concorda? Você vai concordar comigo que a policia não tem condições de fato hoje de atender à todos os chamados e ocorrências no tempo desejado. Concorda? Você vai concordar comigo que, em geral, a policia chega DEPOIS do assalto acontecer. Concorda? Polícia não impede os crimes como Bombeiros não impedem incêndios, ou Paramédicos não impedem acidentes… Você concorda comigo que, num caso como este, seu instinto seria de correr para uma janela a chamar por socorro. Concorda? Agora lhe pergunto: SE A POSSE DE ARMAS FOR PROIBIDA, DE QUE VAI ADIANTAR VOCÊ GRITAR POR AJUDA??? NENHUM DE SEUS VIZINHOS PODERÁ LHE AJUDAR !!! (presumindo que todos são gente cumpridora da lei) E O BANDIDO SABERÁ DISTO!!! Agora imagine alguém seguindo sua filha à caminho da faculdade… Imagine um maníaco a atacando e jogando-a em um terreno baldio… Imagine sua filha gritando por socorro… E agora, imagine que NINGUÉM poderá ajudá-la!!! (a não ser telefonar para o 190 e aguardar… aguardar…) E O BANDIDO SABERÁ DISTO!!! Sua ÚNICA alternativa será deixar sua família à mercê de bandidos, estupradores e assassinos enquanto espera pela policia. O PROBLEMA NÃO É VOCÊ NÃO TER ARMAS, MAS OS CRIMINOSOS SABEREM QUE NINGUÉM TEM!!! Mesmo que você não queira ter armas, ache-as perigosas e tenha receio de tê-las em casa… VOCÊ VAI CONCORDAR COMIGO DE QUE É MELHOR QUE OS BANDIDOS NÃO SAIBAM DISSO!!! Para ilustrar melhor… se você realmente é à favor do desarmamento, antecipe-se e coloque este anúncio. Cole-o na portaria de seu prédio, fábrica, casa de campo, vidro do carro… "EU SOU DA PAZ NESTA CASA NÃO EXISTEM ARMAS! Não vou reagir." PARE! PENSE! Você realmente vai querer depender unicamente da ação da policia como ela é hoje? PARE! PENSE! Não é estranho que os deputados e senadores que promovem o desarmamento NÃO SERÃO OBRIGADOS A SE DESARMAR??? Conhecendo a realidade, eles aprovaram um texto que permite a eles continuar com suas armas. E não é estranho, também, que os diretores da TV Globo, que tanto defendem o desarmamento, andem com segurança armada e tenham, eles próprios, em sua grande maioria, porte de arma? Ou seja… a vida da família deles é mais importante que a vida de sua família. Você concorda com isso??? Eu creio verdadeiramente que a população irá pensar e analizar com muita ponderação, é só colocar todos os prós e contras que pra mim há mais contra porém cada um pensa de uma forma diferente embora este mal assole qualquer um, sem destinção de raça, posição social, enfim…PARE! PENSE!Ricardo como vc pode observar eu sou a favor da opção de escolha, é um direito nosso, e não quero perder este direito, simples não é?Bjsss…

  10. Ricardo disse:

    Lu, nisto vc tem razão, peguei muito forte publicamente.Minha resposta foi + emotiva do q racional, eu fiquei por conta com sua opinião, d vc acreditar nas mentiras q tão divulgando em favor do SIM, é tudo mentira.Não se trata de desarmamente e sim só da perda de direitos e isto não esta sendo mencionado pelo pessoal do sim, agindo falsamente, o pior q vc engoliu a isca e fazendo o papel d loira, né.Vou até pensar no q vc tc, quem sabe eu esteja construindo 1 capa falsa d bonzinho, i num sou nada disto!

  11. Celeste disse:

    EU TB VOU VOTAR ; NAO, PQ ENTENDO QUE A POPULAÇAO NAO TEM APOIO DOS GOVERNANTES E SE FOR TIRADO ESSE NOSSO DIREITO ESTAREMOS COMPLETAMENTE NAS MAOS DOS BANDIDOS, PQ BANDIDO CONSEGUE COMPRAR ARMA E MUNIÇAO E NÓS OS CIVIS NAO TEREMOS COMO NOS DEFENDER, PQ NESSE PAÍS INFELIZMENTE LEI NUM FUNCIONA MUITO PRÁ BANDIDO NAO!POR ISSO DIA 23 PENSE BEM PRÁ NUM FAZER UMA GRANDE BESTERIA VOTE; NAO

  12. Unknown disse:

    Ricardo, mais uma vez você me ofendeu e agora foi em alto e bom som para todo mundo ler aqui. Vc é muito baixo, mesmo. Acha que é muito inteligente e esperto. Acha que sabe tudo né? Vc não passa de um belo enganador. Sei que o que estou falando não tem nada a ver com o tema mas vc merece que todo mundo saiba quem vc é de verdade. Vc quer fazer com que todo mundo acredite que vc é bonzinho, generoso, legal, inteligente… até eu fui enganada por vc. Vc tem razão, eu acredito em papai noel, no coelhinho da pascoa e acreditei tb na sua conversa. Agora vá jogar esse jogo do bonzinho com outros pq pra comigo não cola mais. Quem sabe pra quem gosta da estética duvidosa do seu site.

  13. Ricardo disse:

    Lu,Vc acreditou nesta mentira d q o armamento empregado na violênia urbana pelos bandidos foram armas obtidas dos cidadões q compraram arma legalmente? Pelo visto vc é destas pessoa q acreditam em papai noel.Desculpe t chamar d loira enrustida, mas vc acabou d passa atestado, heim.Desculpe de novo pegar forte, mas sua burrice, tmb pegou forte, gastou bytes tc besteiras, tanto assim, q esta minha opinião não é isolada, vc leu a revista Veja da semana passada e desta Semana, leu as cartas desta semana comentando a reportagem da semana anterior?Veja novo implemento de um especialista no assunto q incrementei os argumentos.Se as drogas q são proíbidas o consumo, o porte e a venda, estão todas ai, vc acreditou mesmo na mentira q o referendo vai alterar qualquer coisa em relação a violência? Faça me o favor, né.Use a cabeça e não as mentiras!Dê algum argumento razoável!

  14. Lua Azul disse:

    Pois é meu amigo, a maioria da população ainda não percebeu que esse "pega-bobo" na verdade não vai alterar nada.Os bandidos continuarão muito bem armados, pq AR-15 eles não roubam da população, eles conseguem através de tráfico e outros meios escusos.Acho que o povo deveria pensar um pouco mais em cobrar do governo leis mais eficazes, penitenciárias mais modernas, um sistema de triagem que realmente funcionasse, porque não adianta achar que é possível recuperar um preso com mais de 100 anos de prisão, é o mesmo que acreditar em fada-madrinha, e caso o tal preso realmente se arrependa, deve cumprir a pena assim mesmo, e sem essas facilidades de sair com 1/3 da pena por bom comportamento etc.Há poucos dias meu bairro ficou chocado com a violência cometida com uma moça, ela foi cruelmente assassinada pelo "namorado", um ex-detento que estava em liberdade condicional, você acha que a arma dele foi comprada em algum armeiro??Ah fala sério né?Peço a Deus que ilumine o povo, para que ele escolha o que for melhor para todos.Acho que o governo seria mais inteligente se mudasse o plebicito para 2 fases a primeira desarmando e cuidando melhor da polícia para que ela tenha as mesmas condições que os bandidos tem, e na próxima fase, aí sim, desarmar a população.Assim sendo, acredito que estaríamos seguindo por um caminho melhor.Paz, Luz & HarmoniaNamaste!Maº

  15. Ricardo disse:

    Querida Luciene,Sinceramente é minha opinião sobre o tema.Quando ao q mata não ser as armas e sim o atirador, num tem coisa + lógica q isto! Então quem mata é a arma? Muito bem argumentado, usei até até figura d linguagem p/ ficar + claro para os poucos entendidos, q creio q é teu caso, não culpe a janela pela paisagem q ela exibe!Veja meu último argumento, a lei ñ vai mudar nada, a lei ñ obriga entrega d armas, nem restringe porte, ela só vai acabar com a industria.Quanto ao meu direito, não pretendo fazer uso dele, mas gostaria d tê-lo, e universal pois mesmo s eu for a outra país terei o mesmo direito de adquirir uma arma de fogo de forma legal! Creio q ficou muito bem exposto meu ponto de vista e meu direito, sim é meu direito, ñ vou perdê-lo por causa d pessoas desinformada, ignorantes, pois aponte na lei como vai acabar a violência, ou mesmo as armas já compradas? Aponte 1 só artigo? Eu q sou obtuso, né, sei, tô vendo.Em meu texto deixei 1 desafio, de um único argumento razoável e lógico no sentido da perda do meu direito, vc num s deu ao trabalho, nem argumentinho se quer!Muita gente q eu tenho consultado participa da mesma opinião, espero q estas pessoas ñ s omitam e tc seu comentário aki!

  16. Unknown disse:

    Ricardo, não sou ovo mas estou chocada com esse seu texto. Porque não dizer estarrecida com sua opinião sobre o assunto. Sou uma pessoa democrática e por isso mesmo respeito opiniões contrárias as minhas, mas, pelo que te conheço, sinceramente não esperava que vc tivesse tal opinião. Vi tanto disparate que não acreditei que foi vc quem escreveu. aqui algumas delas:"Primeiro por que o tal plebiscito não deveria levar tal nome e sim “abrir mão do direito universal de se defender usando uma arma de fogo legal”."Que direito universal é esse? Quem disse que tenho o direito de me defender usando uma arma? que absurdo!!!!Outro:"Quem mata não são as armas e sim as pessoas que estão atrás delas, aquelas q puxam o gatilho. As pessoas que trabalham no ramo da violência, como meio de sustento, impunemente, a solta pelas ruas."Me deu vontade de rir quando li isso. é mesma coisa que dizer: quem mata é Deus eu só puxei a gatilho. Vc uma pessoa tão inteligente dizendo uma asneira dessas!!!!Mais um:"O forte do comércio de armas já é clandestino, pois maior público consumidor só compra na clandestinidade, armas contrabandeadas, principalmente no Brasil, justamente pelos bandidos, traficantes e os ignorantes de plantão."Se vc não sabe, fique sabendo: A maioria das armas de fogo que estão nas mãos dos bandidos foram compradas legalmente pela população de bem e que queria se defender. Essa armas são roubadas e usadas para práticas ilícitas.Não vou me estender mais, espero sinceramente que vc, Ricardo reveja suas opiniões antes que elas se voltem contra vc ou sua família. E para quem estiver lendo isso, por favor pesquise, ouça, leia e verá que o desarmamento é o melhor caminho. A formação de uma cultura de paz ainda é o meio mais cristão de agir.

Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s