Mãe… agente só tem algumas…..

  Obrigado Senhor, pela mãe que você me deu….

… por todas as mães do mundo…

… pelas mães brancas, de pele alvinha….

….pelas pardas, morenas ou bem pretinhas …

… pelas ricas e pelas pobrezinhas ….

… pela mãe deficiente e pela mãe sã…

…..pelas mães – titias, pelas mães – avós, pelas madrastas (mãe), pelas professoras (mãe) …

… pelos pais, tios, avós e até pelos irmãos que se fazem como mãe …

… pela mãe que embala ao colo o filho que não é seu …

…. pela saudade da mãe querida que já partiu …

… pelo amor latente em algumas mulheres, que encerram no ventre uma nova vida….

… pelo amor, maravilhoso amor que une mães e filhos …

Eu lhe agradeço, Senhor !

 A amiga Magali Coutinho, enviou este texto, deste mesmo tema:

 

Mãe,

carregaste-me no teu ventre,

qual uma semente que na terra germina e se transforma

Chegou um outro tempo, que o fizeste em teu colo,

e ainda que sem falar, compreendias-me tanto…

Discernia meus ruídos em madrugadas mal-dormidas,

sem que jamais perdesse a candura dos gestos de amor

 

Nos meus primeiros passos, tuas mãos me deram o norte

e quando as minhas pernas vacilavam,

as tuas corriam seguras;

Teus braços, como laços de amor, me entrelaçavam;

e a segurança que me davas, não me fizeram desistir de tentar outros passos!

 

Mãe,

Lembro-me das tuas mãos em oração,

Lembro-me dos teus lábios com hinos de amor,

Lembro-me da tua Bíblia aberta e de tantas histórias que aprendi a amar

Ah! Aquele berço humilde que me abrigava

Tornou-se o primeiro altar,

No qual eu invocava o nome de Deus!

 

Com o teu amor, fizeste-me conhecer o Maior Amor,

Com o teu cuidado, ensinaste-me a olhar para Aquele que cuidava e cuida de ti

Com tua fé, deste-me o maior de todos os privilégios:

Saber que não estou sozinho, abandonado à própria sorte,

Pois se não podes carregar-me agora,

Ensinaste-me em quem posso confiar sempre…

 

 “Haverá mãe que possa esquecer seu bebê que ainda mama

 e não ter compaixão do filho que gerou? Embora ela possa

 esquecê-lo, eu não me esquecerei de ti!”.

(Isaías 49.15)

 

Ézio Martins de Lima, rev.

Igreja Presbiteriana Independente Central de Brasília – DF

Anúncios

Sobre ricbrsp

Nascido em Lins/SP, criado na Capital paulista, formado advogado pela Unb (Brasília-DF), é autônomo em sampa, divorciado, vive com seus filhos. Ocupando meu espaço na web.
Esse post foi publicado em Notícias e política. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Mãe… agente só tem algumas…..

  1. M. F. disse:

    A mãe-avó penhorada agradece a lembrança!!!!
    Bom saber que ainda existem pessoas que nos valorizam .
    bjk

Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s