A morte do Senador ACM.

Sobre o falecimento do Senador Antonio Carlos Magalhães – ACM, meu comentário é o seguinte:
No dia seguinte pela manhã ao entrar na web, carregando minha página inicial do Yahoo, foi a primeira coisa que eu li sobre o falecimento de ACM.
Seria normal esperar a reação de pesar pelo óbito do Senador da Republica, pela possível perda ao país de um digno representando do povo na casa legislativa, infelizmente minha reação foi bem outra, exultei de alegria, não consegui conter minha explosão esfuziante, e comentei a notícia com uma pessoa da família que estava perto.
Senti um grande alívio, como se um grande peso havia saído das minhas costas, me senti alegre e exultante, e logo, comentei, finalmente o Brasil está livre dele.
Finalmente morreu para o bem do meu país!
Fiquei neste estado de graça por várias horas, comentei com todos em casa, na rua, sempre com alegria, mais tarde que foi cair minha ficha de que tratava-se de uma morte, minha reação não deveria ser aquela, de alegria, de alívio.
Até comentei, e é o tema que eu vou abordar neste texto.
É um absurdo alguém ficar feliz, alegre, aliviado pelo falecimento de seu semelhante, ainda mais se tratando de um homem público, a final um Senador eleito pelo povo, mas infelizmente foi esta minha reação espontânea.
Percebi q minha reação estava errada diante dum fato destes, deveria ser bem outra, oposta.
Até agora enquanto escrevo fico contente com tal óbito.
Fique bem chateado com a internação do novo Deputado Clodovil Ernandez, pois torço pelo mandato dele, botar para quebrar no Congresso, alguém para falar por mim da falta de ética geral dos parlamentares e etc…. Espero que logo se recupere e volte a m representar em atos, ações, e palavras no Congresso.
Há mais de uma década o ACM havia sofrido um enfarte grave que quase lhe tira a vida, quando imaginei q ele iria ver como a vida é frágil, e fugaz, de que deveria aproveitar melhor ela antes de sua morte, até pensei q iria mudar o Toninho Malvadeza, que ele voltaria ao Congresso de forma séria, ética, para aproveitar o resto de sua vida, deixar uma boa marca em sua passagem pela casa, grande engano o meu, ele continuou como sempre, só tramando para o mal do meu país, maquinando tudo que é falcatrua p/ prejudicar a nação como um todo. Representante público ás avessas.
Fiquei surpreso no governo do Fernando Henrique, quando ele tomou parar si a bandeira do salário mínimo, e se botou a brigar por um salário mínimo mais justo, imaginei de passagem que ele finalmente s sensibilizou com os mais desfavorecidos, mas logo me toquei que este homem nunca deu ponto sem nó, q ele não estava nem ai p/ o valor do salário mínimo, muito menos com os pobres e assalariados, já que ele nunca se importou, nos seus 40 anos como homem público nunca e jamais levantou sua mão p/ ajudar seu semelhante, e agora se mostrava sensível ao valor do salário mínimo.
Quantos salários mínimos foram votados no Congresso brasileiro, nestes 40 ou mais anos? Só desta vez s importou, mas só p/ inglês ver, ele só estava chamando a atenção p/ si, só querendo aparecer, além de tentando ferrar o FHC e sua política econômica.
Manifestação total e exclusivamente eleitoreira, tanto que desistiu e o salário continuou no valor que estava e ele não + falou no assunto. Foi só uma jogada política.Com um de seus arqui inimigos!
Como uma pessoa pode ficar famosa pelo mal que ele faz?
Ainda tem gente q diz que ACM foi p/ o céu, eu, heim.
Si ACM foi p/ o céu, com certeza lá não é bom lugar, pois entra qualquer um, inclusive pessoas extremante má e ruim, como no caso, que se notabilizou pela sua maldade daí seu apelido carinhoso de “Toninho Malvadeza”. ACM no céu, eu to fora de partilhar o mesmo local com um canalha destes!
Eu tenho certeza que para o céu ele não irá! A final lá não é lugar de gente ruim e má!
O Brasil é pais do terceiro mundo, principalmente por homens como este que nunca mediu esforços p/ ferrar seu país. Representante ferrenho dos interesses multi nacionais no Brasil, ganhou muitos dólares americanos para prejudicar o meu Brasil. Faleceu sem ser julgado, sem condenação, como se correto fosse, que justiça mais porca, heim…. Maluf é outro da mesma laia, que jamais será punido pelos milhões que roubou, só gozará dos valores surrupiados na nação, vivendo uma vida folgada e abastada, sem nunca ter sido condenado, só em um processo como prefeito de SP, que teve q reembolsar o dinheiro público desviado.
Morreu tarde, demorou!
Para o bem do Brasil deveria ter morrido décadas atrás, mas sempre vai ter outro mala p/ substituir no Congresso, infelizmente.
Poucos dias após a morte de ACM recebi o seguinte e-mail:
 

A chegada de ACM no inferno

Por Tonho da Jumenta
O Diabo ficou louco quando ACM morreu,
O Inferno era pouco diante do poder que ACM perdeu.
Já sabia o Diabo que pra cá ele viria
E que ía querer governar e no Inferno mandar.
Pensou então o Diabo no que deveria fazer,
Reuniu o Conselho de velhos diabos de grande saber,
Depois de muita confabulação, resolveu o Conselho,
Para evitar confusão, pedir aos Céus que desse
A ACM todo o perdão.
Dessa forma ACM no céu ficaria,
Evitando assim a disputa de poder,
Que por certo aconteceria entre o Grande Diabo
E o que ACM poderia querer.
As maldades que ele fez aqui na Terra,
Deram a ele o apelido de Toninho Malvadeza,
O que lhe daria no Inferno um certo grau de nobreza,
Ameaçando o poder do Diabo com toda certeza.
ACM muito esperto já sabia que no céu não mandaria
Porque já estava Nosso Senhor que lá vivia,
A quem todos do Céu tinham grande simpatia,
ACM concluiu que ali não tinha vez,
Então do Céu fugiu e foi isso que ele fez.
Quando chegou no Inferno o porteiro não quis receber,
Pois tinha do Diabo essa clara instrução,
ACM reclamou disse que assim não poderia ser,
Uma vez que tinha morrido e merecia consideração.
 
O porteiro ligou pro Diabo e explicou a situação,
O Diabo deixou entrar porque era sua obrigação,
Mesmo sabendo que ACM iria provocar confusão,
Pois quando era vivo comandava um perigoso pelotão.
 
ACM foi entrando e foi logo mandando:
"Mande fazer uma licitação de uma grande obra,
Vai ganhar o meu genro que tem conhecimento de sobra,
Com a vantagem de ter na minha mulher a sua sogra.
Quanto a Comunicação, passe logo tudo pra mim,
Para que eu faça a distribuição de rádio e televisão,
Vão todas para os amigos para não haver discussão,
Pois tem muito esquerdista nesta grande nação.
 
Quero também deixar claro a minha intenção,
Quero tudo pra mim, seja lá qual for o tostão,
Pobre tem que continuar pobre para que a política tenha precisão,
Pois se esse povo se soltar vai ter muita aperreação".
 
O Diabo preocupado com medo de ficar de lado,
Tramou logo uma conspiração, mas ACM convocou o neto
E fizeram uma reparação, colocaram microfone no teto
De todo e qualquer cristão.
 
Com o grampo descobriram logo a armação,
ACM fez uma pasta com a sujeira de cada um,
Mostrou a eles a ameaça de uma detenção,
E para evitar o zum-zum-zum,
Os capetas deixaram o diabo na mão.
Agora, o Diabão vive isolado, com pensão de aposentado,
Enquanto ACM manda em tudo, com o nome de Malvadeza II,
Todo posudo, Rei do mundo da escuridão, nem está preocupado
Com a sua expiação, pois como queria, continua com o poder na sua mão.

Anúncios

Sobre ricbrsp

Nascido em Lins/SP, criado na Capital paulista, formado advogado pela Unb (Brasília-DF), é autônomo em sampa, divorciado, vive com seus filhos. Ocupando meu espaço na web.
Esse post foi publicado em Notícias e política. Bookmark o link permanente.

Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s